RELAXAMENTO MUSCULAR PROGRESSIVO: prescrição de enfermagem para o diagnóstico de ansiedade pré-operatória

Isabel CF da Cruz, Maria Irene dos Santos Gomes

Resumo


Neste estudo, realizado em 1993 como TCC, temos por objetivo identificar as características definidoras de ansiedade e avaliar a eficácia do relaxamento psicossomático, enquanto prescrição de enfermagem. A amostra foi composta por 5 clientes adultos, do pré-operatório da cirurgia cardíaca, de um Hospital Universitário do RJ. As entrevistas foram realizadas com o auxílio de 2 questionários (histórico inicial e avaliação final) e posteriormente transcritas e analisadas pelas pesquisadoras. Foram identificadas as seguintes categorias: sentimento enquanto aguarda a cirurgia, preocupações vividas no pré-operatório, estratégias utilizadas pelo cliente para reduzir a ansiedade, sentimento ao realizar as sessões de relaxamento, diferença entre antes e depois do relaxamento e efeitos das sessões de relaxamento no período de internação pré-cirúrgica. Concluímos que houve uma relação positiva entre o conteúdo dos depoimentos e o referencial conceitual utilizado neste estudo

Palavras-chave


Ansiedade - diagnóstico de enfermagem - relaxamento psicossomático.

Texto completo:

HTML

Referências


BULECHECK, G.M.; McCLOSKEY, J.C. Defining and validating nursing interventions. Nurs Clin of N Am, v. 27, n. 2, p289-97, 1992.

DALY, J.M. NIC INTERVENTIONS linked to NANDA diagnoses. Iowa. Iowa Intervention Project, 1993.

MITCHELL, L. Relaxamento básico. O método fisiológico para aliviar a tensão. São Paulo. Martins Fontes, 1983.

POTEMPA, K. An overview of the role of cardiovascular reactivity to stressful challenges in the etiology of hypertension. J Cardiovasc Nurs v. 8, n. 4, p. 27-38, 1994.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


BNN - ISSN 1676-4893 

Boletim do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre as Atividades de Enfermagem (NEPAE)e do Núcleo de Estudos sobre Saúde e Etnia Negra (NESEN).