Evidence-based nursing practice on pain control in a Systematized Literature Review.

Elizangela Pereira Branco, Isabel Cruz

Abstract


Abstract: Pain is considered the fifth vital sign, its control should be a priority in intensive care units, as patients undergo various painful procedures. This study aims to review evidence-based nursing guidelines that will assist intensive care nurses in identifying nursing care diagnoses and prescriptions for achieving pain control outcomes within 7 days. : Based on the evidence, how to optimize nurse care so that the highly complex patient can achieve pain control results within 7 days of hospitalization? Method: integrative literature review in the databases bvs, Google Scholar and CAPES the limits were studies with ten years of publication with elderly adult patients. Results: The nurse has the responsibility for the assessment of the patient with pain and its process for control, through diagnostic evaluation, treatment monitoring intervention evaluating the effectiveness of interventions. Studies show the importance of implementing instruments to evaluate and classify However, there are many nursing professionals who still have insufficient knowledge about identification, quantification and treatment.

Keywords


enfermagem especializada,Cuidado,enfermagem

Full Text:

HTML

References


Souza SCR, Garcia MD, Sanches BM, Gallo AMA, Martins BPC, Siqueira PCLI.Conheciemto da equipe de enfermagem sobre avaliação comportamental da dor em pacientes em terapia intensiva.Rev. Gaúcha Enferm.|Periódico na internet|.2013 Set [acesso em 2019 out 10]; 34 (3):[ aproximadamente 5p. ]. Disponível em:http//www.scielo.br/sciel o.php?frbrVersion=3&script=sci_=-artexx&pid=S1983-14472013000300007&Ing=em&ting=eng

Mesquita BKK, Marques FGP, Santos SRC, Soares MMF, Mota SLM, Sampaio LRL, et al Análise dos aprazamentos de fármacos analgésicos em terapia intensiva . Rev enferm. .An UFPE [Períodico na internet].2019 fev[acesso em 2019 nov 5];13(2): [aproximadamente 6p]. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/236460/31339

Magalhães PAP, Mota AF, Saleh RMC, Secco DML, Fusco GRS, Gouvêa LA. Percepção dos profissionais de enfermagem frente à identificação, quantificação e tratamento da dor em pacientes de uma unidade de terapia intensiva de trauma. Rer dor. [ periódico na internet]. 2011 set [acesso em 2019 set 9];12(3): [aproximadamente3p].Disponívelem:http://www.sciello.br/scielo.php?script=sci_artexx&pid=S1806-00132011000300005&Ing=en.

Freitas ON, Pereira GVM. Percepção dos enfermeiros sobre cuidados paliativos e o manejo a dor na UTI. Mundo saúde (Impr).[periódico na internet].2013 out[ acesso em 2019 nov ];37(4):[aproximadamente 4 p]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br.

Rodrigues MS. Riscos Potencias no Processo de Preparo e Administração de Medicamentos por Via Intravenosa: Revisão Literária de Ações Integradas Para Alívio da Dor e Educação em Saúde. Rev. Pesqui.[periódico na internet].2019 out-dez[acesso em 2019 nov 20];11(5): [aproximadamente 4p]. Disponível em: http://www.seer.unirio.br/index.php/cuidadofundamental/article/viewFile/6818/pdf_1

Sallun CMA, Garcia MD, Sanvhes M. Dor aguda e crônica: revisão narrativa da literatura. Acta Paulista de Enfermagem.[periódico na internet]. 2012 [acesso em 2019 set 15];25(150-154): [aproximadamente 4p]. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=307026828023.

Silva DTA, Monteiro LT, Santos CL, Cavalcanti OE. Avaliação e intervenção de enfermagem frente ao paciente com dor crônica.[periódico na internet]. 2019[ acesso em 2019 nov 28]. Disponível em: https://dspace.uniceplac.edu.br/handle/123456789/65

Silva SCC, Vasconcelos BMJ, Nóbrega LMM. Dor em pacientes críticos sob a ótica de enfermeiros intensivistas: Avaliação e Intervenções.Rev Rene. [periódico na internet]. 2011 jul/set[acesso em 2019 nov 6];12(3) :[aproximadamente 8p]. disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=324027976013

Meier CA, Siqueira DF, Pretto RC, Colet FC, Gomes SJ, Dezordi MCC, et al. Análise da intensidade, aspectos sensoriais e afetivos da dor de pacientes no pós operatório imediato.Rev. Gaucha Enferm.[periódico na internet]. 2017[acesso em 2019 agosto 10]; 38(2): [ aproximadamente 4p ]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?frbrVersion=3&script=sci_arttex&pid=S1983-14472017000200420&Ing=en&ting=en.

Barbosa PT, Beccaria ML, Pereira MAR. Avaliação da experiência de dor pós operatória em pacientes de uma unidade de terapia intensiva. Rev. Bras.ter.intensiva.[periódico na internet]. 2011 out/dez [acesso em 2019 set 14]; 23(4): [aproximadamente6p]. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0103-507x&Ing=en&nrm=iso.

Oliveira SL, Macedo PM, Silva MAS, Oliveira FPA, Santos SV. Avaliação da dor em pacientes críticos por meio da escala comportamental de dor.BrJP [periódico na internet]. 2019 [acesso em 2019 nov 3]; 2(2):[aproximadamente 8p]. Disponível em: http://scielo.br/scielo.php?script=sci_arttex&pid=S259531922019000200112&Ing=em&nrm=isso&tlng=pt.

Silva AB, Ribeiro AF. Participação da equipe de enfermagem na assistência à dor do paciente queimado. Ver. dor .[periódico na internet].2011out/dez [ acesso em 2019 out 9];12(4): [aproximadamente 8p]. Disponível em:






JSNCARE
Share |