Boletim NEPAE-NESEN enfermagem científica

Planejando 10 de dezembro  - Dia Internacional dos Direitos Humanos visando a implantação da PNSIPN

Isabel Cruz

A sociedade brasileira (você, em especial) está sendo convidada pelas Nações Unidas para defender os direitos humanos, seja qual for a profissão ou organização em que trabalhe. Com celulares, câmeras ou webcams, pessoas podem gravar vídeos para promover, proteger e defender os direitos humanos e, depois, divulgá-los no Youtube, Facebook ou Twitter.
Essas ações fazem parte da nova campanha Declare-se Defensor/a dos Direitos Humanos, do Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (ACNUDH). Veja o vídeo de 3 minutos da campanha em:

 

Para expressar suas mensagens, os interessados devem começar indicando seu nome, seu país ou organismo e depois se declarar Defensor dos Direitos Humanos. Exemplo: "Sou Isabel Cruz (nome), de Brasil (país) e/ou NESEN-UFF (organização), e eu me declaro Defensor(a) dos Direitos Humanos."
Os vídeos podem ser postados nas páginas das redes sociais do ACNUDH (Facebook e Twitter) e/ou nos perfis pessoais. No Twitter, use a hashtag #EuMeDeclaro ou qualquer outra palavra relacionada para divulgar o seu vídeo (#direitoshumanos, #defensor, #defensora, #DH, #ddhh). O objetivo é atingir o máximo de usuários possíveis para divulgar e compartilhar a mensagem.

Fonte: ONUBr - Nações Unidas no Brasil (http://www.onu.org.br/)

Esta mensagem que foi para as listas BNN e JSNC faz parte da série "Planejando atividades para implantação da PNSIPN". O calendário sobre eventos de interesse em Saúde da População Negra está publicado em ( e em constante atualização):
CRUZ, I.. Calendário de Eventos sobre a Saúde da População Negra. Boletim NEPAE-NESEN, Local de publicação (editar no plugin de tradução o arquivo da citação ABNT), 9, nov. 2011. Disponível em: <http://www.uff.br/jsncare/index.php/bnn/article/view/2404/547>.
 

Dia 10 de dezembro é o dia internacional dos direitos humanos e a sua relação com a PNSIPN é simples; racismo é uma violação de direitos humanos. A sua desconstrução significa acabar uma estrutura ideológica opressiva que comprometem o bem-estar de toda a sociedade.
Mais informações, leia:
CRUZ, I.. Human Rights and Black Brazilian Health. Online Brazilian Journal of Nursing, North America, 8, Apr. 2009. Available at: <http://www.objnursing.uff.br/index.php/nursing/article/view/j.1676-4285.2009.2277/474>.

Então, declare-se um(a) defensor(a) dos Direitos Humanos e, por sua vez, da implantação efetiva da PNSIPN no SUS.
 

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo