Diagnóstico de Enfermagem: Qual a Abordagem no Novo Currículo?

Isabel CF da Cruz

Resumo


Gostaria de inicialmente agradecer o convite da comissão organizadora do III Simpósio Nacional sobre Diagnósticos de Enfermagem (Fortaleza, Ceará) para participar desta mesa-redonda. O tema proposto é instigante uma vez que pretende discutir a abordagem do novo currículo a partir dos diagnósticos de enfermagem.

Palavras-chave


Enfermagem; Ensino de Enfermagem, Ensino a distância; Motivação

Texto completo:

HTML

Referências


BRASIL, leis. Portaria n# 1721 de 15 de dezembro de 1994. Dispõe sobre o currículo mínimo de enfermagem Diário Oficial da União, n. 238, Brasília, 16/12/94, p. Seção 1, p.1981.

BULECHECK, G.M.; McCLOSKEY, J.C. Defining and validating nursing interventions. Nurs Clin North Am, v. 27, n. 2, p. 289-99, 1992.

CLARCK,J; LANG, N. Nursing's next advance: an international classification for nursing practice. Int Nurs Rev, v. 39, n. 4, p. 109-12;28, 1992.

CRUZ, I.C.F. da Diagnósticos de Enfermagem. Estratégia para sua formulação e validação. São Paulo, 1993. 157p. Tese (Doutorado) - Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo.

NORTH AMERICAN NURSING DIAGNOSIS ASSOCIATION Taxonomy I - revised 1989: with official diagnostic categories. St. Louis, 1990.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo